Atualmente, enriquecimento ambiental é um tema que atrai a atenção da comunidade de amante de pets. Os gatos precisam de atividades desenvolvidas exclusivamente para eles, que possam trazer bem-estar e equilíbrio. Portanto, o enriquecimento ambiental pode ser a chave para cuidar desses felinos da forma mais adequada.

 

Confira o que é enriquecimento ambiental para gatos e como você pode fazê-lo em casa, para oferecer uma vida mais feliz e saudável para o pet.

 

O que é enriquecimento ambiental

O conceito de enriquecimento ambiental surgiu em 1925, graças ao psicólogo Robert Yerkes. Ao entender a necessidade de um ambiente adequado para animais cativos, Yerkes deu início aos estudos sobre o tema.

 

Após anos de pesquisa, o psicólogo descobriu que, na natureza, os animais dispõem de comportamentos naturais que são o resultado de sua interação com o meio ambiente. Os gatos escalam árvores, pulam obstáculos, se escondem em tocas e caçam pequenas presas.

 

Sendo assim, é necessário incentivar tais comportamentos na vida de felinos que vivem em ambientes fechados como casas e apartamentos. São esses estímulos que os ajudam a realizar as atividades chamadas de enriquecimento ambiental.

 

Como o enriquecimento ambiental pode ajudar os gatos

Encorajar seu gato a escalar, pular para alcançar um brinquedo que imita uma presa ou mesmo proporcionar lugares propícios para que ele possa afiar as garras ajuda o felino a explorar seus instintos. Além desses benefícios, a realização de atividades físicas também impacta diretamente na saúde do seu gato, reduzindo possibilidades de doenças e evitando obesidade.

 

Além disso, gatos domésticos demandam atividades que evitam o tédio e mantêm a rotina ativa, reduzindo estresse e tornando o felino mais equilibrado mentalmente. Com a energia direcionada para atividades saudáveis, é possível reduzir tentativas de fugas e comportamentos agressivos – como destruição de móveis e objetos.

 

Vale lembrar que o enriquecimento ambiental não transforma a personalidade do felino. Alguns gatos, por exemplo, não gostam de ser tocados em excesso, principalmente por estranhos. Nesses casos é preciso aceitar e respeitar a personalidade do seu amigo.

 

Como colocar em prática

Há diversas formas de implementar o enriquecimento ambiental na rotina do pet. Uma dica é oferecer brinquedos feitos especialmente para felinos. Os arranhadores são ideais para se ter em casa: assim que o bichano aprender a afiar as garras ali, dificilmente procurará por outro objeto da casa. Além dos arranhadores, outras opções eficientes são as bolinhas, brinquedos que balançam e que emitem sons.

 

Para que os tutores dispostos a oferecerem alternativas mais sofisticadas, existem tocas e caminhas suspensas. Uma boa dica é instalar prateleiras pela casa e deixá-las livres. Dessa forma, o gatinho poderá escalar e se movimentar no alto, como se estivesse na natureza. A diversão estará garantida!

 

Já para quem busca opções mais práticas, existe uma alternativa acessível e eficiente. Não é novidade para os tutores que não há gatinho que resista a uma caixa de papelão. É possível adquiri-las em mercados próximos às residências de forma simples e rápida.

 

Separe sempre um horário do dia para brincar com seu gato, trazer novidades e se divertirem juntos. Os maiores benefícios, no entanto, será a saúde e felicidade do pet. Com o enriquecimento ambiental, o gatinho aproveitará ainda mais a vida ao seu lado!